Jorge Ben Jor - Ben (1972)

No meio de uma safra extraordinária – Expresso 2222, Araçá Azul, Clube da Esquina, Acabou Chorare, entre outros – ‘’bem’’ marca o apogeu de Jorge Bem Jor  como alquimista  de ritmos, um explorador da impensada fronteira entre samba, blues e soul. Uma obra-prima das possibilidades pop do violão, repleta de harmonias e hipnotizantes e fusões inesperadas – por exemplo, a música indiana, samba e blues na primeira versão de “Taj Mahal”, basicamente um número instrumental ancorado por um refrão hipnótico – “Ben” traz baladas soul docemente sensuais (Moça, que nega é essa?) e coquetéis  rítmicos irresistíveis  - Incluindo “Filho Maravilha”, sua ode a Fio, o esotérico craque do Flamengo nos primeiros 70  e a “dylanesca” “As rosas eram todas amarelas”, prenúncio de muitas outras viagens por vir. O letrista Jorge acompanha a excelente forma de Jorge, o músico e compositor, ao mesmo tempo surreal (O circo Chegou), filosófico (Paz e arroz, caramba) e lírico (Moça).

Faixas:
01. Morre o Burro Fica o Homem
02. O Circo Chegou
03. Paz e Arroz
04. Moça
05. Domingo 23
06. Fio Maravilha
07. Quem Cochicha o Rabo Espicha
08. Caramba
09. Que Nega É Essa
10. As Rosas Eram Todas Amarelas
11. Taj Mahal

Baixar:

84 MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas