Pular para o conteúdo principal

Ednardo - Ednardo (1979)

Disco homônimo de Ednardo lançado em 1979 pela Epic/CBS. Destaque para as canções " Enquanto engoma a calça" (Climério, Ednardo) e ''Brincando é que se aprende'' (Dominguinhos, Ednardo). 
Faixas:
01. A Manga Rosa
02. Numa Boa
03. Flora
04. Enquanto Engoma A Calça
05. Brincando É Que Se Aprende
06. Lupiscínica
07. Lagoa De Aluá
08. Topor
09. Desconcerta-Te
10. Araguaia
11. Cariri
12. Pelo Coração Do Brasil

Baixar:
85 MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO
pCloud - Google Drive - Box - MEGA - MediaFire



Djavan - Meu Lado (1986)

Depois de dois discos gravados em Los Angeles e de pelo menos dois anos levando sua música ao mundo inteiro, em 1986 Djavan finalmente volta a gravar no Rio de Janeiro, com o balanço da banda Sururu de Capote. E para retomar a carreira no Brasil, nada melhor do que um samba para marcar a volta. A canção “Beiral”, que abre o disco “Meu lado” é um daqueles sambas suingados, de riqueza harmônica e letra inusitada. “Segredo”, com arranjo de Wagner Tiso, o mesmo do clássico “Meu bem querer”, e solo de piano do uruguaio Hugo Fattoruso, é uma balada de acento blues, com letra ultra-romântica.

O xote “Romance”, também gravado por Gal Costa, utiliza-se de metáforas da natureza para falar da vida e do amor. Sivuca, na sanfona e no vocal, abrilhanta e celebra a volta do artista ao nordeste musical. Na imensa variedade de caminhos musicais de Djavan, surgem as canções “Quase de manhã”, com direito a improviso no sax alto do americano David Sanborn e “Lei”, mais um daqueles sambas cheios de invenções musicais e literárias.

Nos tantos lados de “Meu lado” não poderia faltar a ancestral ligação com a África que Djavan descobriu através da música. No esforço internacional de combater o apartheid, que em 1986 ainda separava oficialmente brancos ricos e negros pobres e oprimidos na África do Sul, Djavan gravou o “Hino da Juventude Negra da África do Sul”, acompanhado de grupo vocal daquele país. Com um disco denso e inovador, aos dez anos de carreira fonográfica Djavan vive um novo recomeço. O resultado, como sempre, são sambas, baiões, canções, baladas, uma narração da vida através da música.

Faixas:
01. Beiral
02. Segredo
03. Romance
04. Quase de manhã
05. Muito Mais
06. Asa
07. Topázio
08. Lei
09. Nkosi Sikelel' I-Afrika
10. So Bashiya Ba Hlala Ekhaya

Baixar:

79 MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO



Comentários

  1. Djavan é um navio, um transporte para um mundo muito superior... Sem palavras... Gênio!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Luiz Gonzaga - 70 Anos de Sanfona e Simpatia (1983)

Mais um lindo álbum do Gonzagão, que conseguiu a façanha de sempre lançar ao menos um disco por ano, esse é o de 1983. Participações especiais de Alceu Valença na faixa “Plano piloto” e de Téo Azevedo na faixa “A peleja do Gonzagão x Téo Azevedo” Arranjos e regências do maestro Orlando Silveira, destaque para o maravilhoso xote “Tamborete de forró” de Artúlio Reis. (Texto: Forró em vinil)
Faixas:
01. Sequei os olhos
02. Plano piloto
03. Canto do povo
04. Casa de caboclo
05. Cidadão sertanejo
06. A peleja do Gonzagão x Téo Azevedo
07. O Papa e o Jegue
08. Lampião (era besta não)
09. Saudade do velho
10. Projeto Asa Branca
11. Xengo
12. Tamborete de forró
13. Forró de Ouricuri

Baixar:
 MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO
pCloud - Google Drive - Box - MEGA - MediaFire



#MomentoMPB | Milton Nascimento - Travessia (1967)

Travessia (originalmente nomeado Milton Nascimento) é o primeiro álbum do cantor e compositor Milton Nascimento. Bituca é acompanhado pelos músicos do Tamba Trio. Foi lançado em LP em 1967. A canção que dá nome ao álbum conquistou o segundo lugar no Festival Internacional da Canção de 1967 realizado no Maracanazinho.
Faixas:
01. Travessia
02. Três Pontas
03. Crença
04. Irmão de Fé
05. Canção do Sal
06. Catavento
07. Morro Velho
08. Gira, Girou
09. Maria Minha Fé
10. Outubro

Baixar:
76 MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO
pCloud - Google Drive - Box - MEGA - MediaFire



Zé Ramalho - Zé Ramalho (1978)

Um disco que entrou para história da música nacional consolidou uma carreira muito sólida e de grande sucesso. Trazendo todo o misticismo de sua cabeça pensante, combinados com as mais puras raízes nordestinas e sua voz inconfundível, Zé Ramalho lançou um dos melhores discos do MPB.
Um álbum bem trabalhado, com letras inteligentes, arranjos bem compostos e inovadores para época. Faixas como Avohai, Vila do Sossego, Chão de Giz, Dança das Borboletas estão presentes em todas as coletâneas e Shows no decorrer de toda a sua carreira.
Faixas: 01. Avôhai 02. Vila Do Sossego 03. Chão De Giz 04. A Noite Preta  05. Dança Das Borboletas 06. Bicho De 7 Cabeças 07. Adeus 2ª Feira Cinzenta  08. Meninas De Albarã  09. Voa, Voa  10. Avôhai (Voz e Violão) (Bônus) 11. Chão De Giz (Voz e Violão) (Bônus) 12. Bicho De 7 Cabeças (Voz e Violão) (Bônus) 13. Vila Do Sossêgo (Voz e Violão) (Bônus) 14. Ratos De Porto (Voz e Violão) (Bônus)
Baixar:
130 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado (Edição de 2003)
Google Drive - pCloud - B…