Pular para o conteúdo principal

Cartola - Verde Que Te Quero Rosa (1977)

A necessidade de proteger a cabeça do cimento que despencava lá de cima, durante o árduo trabalho de operário na construção civil, o forçou a usar um chapéu coco, encontrado no lixo. O apelido, que mais tarde também se tornaria o seu nome artístico, surgiu dali. Autodidata no violão – Cartola já era assediado, do “alto de seus vinte e poucos anos”, por gente de peso da música popular brasileira que estava à procura de sambas para seu repertório. Vendeu alguns deles e acabou sendo gravado por Francisco Alves, Carmen Miranda e Silvio Caldas, entre outros. A foto espetacular da capa do LP, tirada de óculos escuros, com cigarro aceso, cafezinho e muita, muita classe, dá ideia da música que está cravada nos sulcos do vinil – Verde Que Te Quero Rosa é um grande disco do mestre Cartola. Seu repertório conjuga sambas inéditos de diversos períodos com diamantes de sua produção presente, registrados com o “auxílio” de um super time de amigos: Nelson Cavaquinho, Radamés Gnatalli, Altamiro Carril…

Geraldo Azevedo - Futuramérica (1996)

Futuramérica é fruto do talento do compositor, instrumentista e cantor Geraldo Azevedo, da sua independência, da capacidade de prever o que o público quer ouvir e de uma emocionante fidelidade às suas raízes nordestinas. E mais: o nosso artista gosta de ser bem acompanhado, desde a feitura das músicas, unindo-se a parceiros como Geraldo Amaral, Fausto Nilo, Capinam, Pippo Spera e Carlos Fernando, e sabendo escolher as músicas de outros compositores, como o seu irmão Germano Azevedo (que divide com ele a interpretação de Até Quando), Babal, Hugo Fattoruso, Fernando Torrado Parra e o grande Capiba, que comparece com À Procura de Alguém, um animadíssimo frevo de 1959. Além de encontrar um excelente parceiro na produção do disco, o guitarrista Paulo Rafael, Geraldo Azevedo foi perfeito na seleção dos músicos que o acompanham nas músicas que canta. Aqui estão os extraordinários maestros e instrumentistas Sivuca e Duda, a rapaziada maravilhosa do Nó em Pingo D’Água e vários outros.

Faixas:
01. Tempero Forró
02. Tambor Do Mundo
03. América Futura
04. Você Se Lembra
05. Até Quando
06. A Procura de Alguém
07. Avenida 10
08. Forrózear
09. Prazeres
10. Quem Merece
11. Virou Navio
12. Mestre Raimundo
13. Birutabar
14. Cintilante Coração

Baixar:

127 MB - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO


Comentários

  1. Sem dúvida um dos melhores artistas do país! Ouso dizer. Muito obrigado pelos ótimos albuns aqui postados, vida longa a você e ao blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Albires, tens toda razão, Geraldinho com sua sensibilidade encanta qualquer um, vida longa pra todos nós. Obrigado!

      Excluir
  2. Salve Geraldo Azevedo! Perfeito. Muito obrigado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Gal Costa - Bem-Bom (1985)

Bem Bom é o vigésimo álbum de Gal Costa. Como maiores sucessos se destacaram as baladas "Sorte", em dueto com Caetano Veloso, e "Um Dia de Domingo" com Tim Maia.
Faixas:
01. Sorte (com Caetano Veloso)
02. O Último Blues
03. Um Dia de Domingo (com Tim Maia)
04. Acende o Crepúsculo
05. Muito Por Demais
06. Romance
07. Musa de Qualquer Estação
08. Bem Bom
09. Todo o Amor que Houver Nesta Vida
10. Quem Perguntou Por Mim
11. De Volta ao Futuro

Baixar:
104 MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO
pCloud - Google Drive - Box - MEGA - MediaFire



Chico Science & Nação Zumbi - Afrociberdelia (1996)

O segundo e último disco de Chico Science e Nação Zumbi foi lançado em 1996, é considerado seu melhor trabalho e deu sequencia ao revolucionário manguebeat, introduzido no Brasil por eles e pelo  Mundo Livre S/A. Produzido por Eduardo Bid, composto por 23 músicas, como “Manguetown”, “Samba do Lado”, “Etnia”, “O Cidadão do Mundo”, “Macô” (com participação de Gilberto Gil) e outras. Além da antológica regravação de “Maracatu Atômico”, de Jorge Mautner. 
Faixas: 01. Mateus Enter  02. O Cidadão do Mundo  03. Etnia  04. Quilombo Groove (Instrumental)  05. Macô  06. Um Passeio no Mundo Livre  07. Samba do Lado  08. Maracatu Atômico  09. O Encontro de Isaac Asimov e Santos Dumont no Céu  10. Corpo de Lama  11. Sobremesa 12. Manguetown  13. Um Satélite na Cabeça  14. Baião Ambiental (Instrumental)  15. Sangue de Bairro 16. Enquanto o Mundo Explode 17. Interlude Zumbi 18. Criança de Domingo 19. Amor de Muito 20. Samidarish (Instrumental) 21. Maracatu Atômico (Atomic Version) 22. Maracatu Atômico (Ragga Mix) 23. Marac…

Raulzito E Os Panteras - Raulzito E Os Panteras (1968)

Raulzito e os Panteras foi o primeiro e único álbum lançado pela banda Raulzito e os Panteras, que continha entre seus membros o futuro cantor e compositor Raul Seixas. Os outros integrantes foram Eládio Gilbraz, Mariano Lanat e Carleba. As gravações ocorreram no final do ano de 1967 e seu lançamento, no início de 1968, pela gravadora EMI-Odeon. Raul Seixas, ainda conhecido apenas por "Raulzito", assina oito das 12 canções do disco. As vendas do disco foram consideradas baixas, o que resultou no fim do grupo. A capa do álbum faz uma alusão ao disco With the Beatles dos Beatles.
Faixas:
01. Brincadeira
02. Por Que? Pra Que?
03. Um Minuto Mais (I Will)
04. Vera Verinha
05. Você Ainda Pode Sonhar (Lucy In The Sky With Diamonds)
06. Menina de Amaralina
07. Triste Mundo
08. Dê-me Tua Mão
09. Alice Maria
10. Me Deixa Em Paz
11. Trem 103
12. O Dorminhoco

Baixar:
58/ MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO
pCloud - Google Drive - Box - MEGA - MediaFire