Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

Os Paralamas do Sucesso - D (1987)

O quarto disco do Paralamas era uma celebração à novidade que representava a própria banda, no também novo cenário brasileiro. O rock tinha tomado o país, e tomava agora a tradicional noite brasileira do festival de Montreux, na Suíça, na época uma das mais importantes festas da música internacional. Só lá era possível saber o que acontecia em boa parte do mundo e se inspirar com as cores do que os gringos começavam a chamar de world music…
O show encerrava uma bem-sucedida turnê, a de “Selvagem?”, que conciliou êxito de vendagens e de crítica. Portanto, o que se ouvia era uma fotografia sonora de uma banda feliz da vida com os rumos que a música a ela reservou. Havia espaço para cantar Jorge Ben, para citar João Bosco e Titãs, e ainda enfileirar clássicos instantâneos como Óculos, Ska e Meu Erro.
Além da alegria pelo bom momento, a viagem à Europa – a primeira da banda ao continente – foi precedida por uma temporada de ensaios e imersão no sítio de Bi, em Mendes, no interior do estado …

A Luneta do Tempo - Trilha Sonora Original de Alceu Valença (2016)

Alceu Valença é sem dúvida um dos mais importantes nomes da cultura nacional. Além de produzir músicas atemporais, em 2015 ele lançou seu primeiro filme, escrito e dirigido por ele, “A Luneta do Tempo”. A trilha sonora, ganhadora do Festival de Cinema de Gramado (2015), chega às lojas e em formato digital em CD duplo, pela Deck.
O filme reúne amor e cangaço, mergulhando no inconsciente dos cantadores anônimos, dos cegos arautos de feira, no universo da literatura de Cordel e expõe uma herança cultural, política e poética. A trilha é composta por 26 faixas, todas inéditas e de autoria de Alceu, que também canta a maioria delas. O elenco do filme interpreta alguma das faixas, como o protagonista Irandhir Santos, que canta “Concriz Cantador”, e Ari de Arimateia, em “Lua Distraída”. Além de embalar a história do filme, as músicas fazem parte do roteiro, muitas vezes estabelecendo um diálogo direto com as cenas.
Faixas:
CD 1: 1. O Sertão Precisa É Disso 2. Flauta Do Abandono 3. Sertão Mourisco 4.…

Tom Zé - Canções eróticas de ninar (2016)

A ponto de completar oitenta anos Tom Zé  lança Canções eróticas de ninar – Urgência didática. Um disco brincalhão e divertido, que nasce de lembranças e experiências infantis em Irará, estado da Bahia, e que foge dos discursos agressivos contra a mulher de tantas canções populares. 
Faixas: 01. Sexo 02. Descaração Familiar 03. Urgência didática 04. Sobe ni mim 05. Orgasmo terceirizado 06. USP x GV 07. No tempo que ainda havia moça feia 08. Dedo 09. Arroz, lenda e buquê 10. Por baixo 11. Cadê, mané- 12. Levada- Sobe ni mim 13. Um circo voador
Baixar:
71 MB - MP3 - 320 Kbps
pCloud - Google Drive - Box - MEGA

Amelinha - Frevo Mulher (1979)

Amélia Claudia Garcia Colares, ou apenas Amelinha, como ficou conhecida em todo Brasil. Nascida no Ceará em 21/7/1950, Amelinha é ex-esposa do cantor e compositor Zé Ramalho, com quem teve dois filhos. Esse é o segundo álbum lançado pela cantora em 1979, o qual recebeu disco de ouro, produzido pelo Zé Ramalho e com inestimáveis participações especiais, como Dominguinhos na sanfona, Fagner, Geraldo Azevedo e o próprio Zé nos violões, Paulo Moura tocando sax alto em uma das faixas, Borel e Bezerra da Silva gravando Zabumba e Elba Ramalho no coro. Destaques para a faixa título “Frevo mulher” e para “Galope razante” ambas de autoria do Zé Ramalho. (Texto: Forró em Vinil)
Faixas: 01. Frevo mulher 02. Santa Tereza) 03. Dia branco 04. Galope rasante 05. Divindade 06. Que me venha esse homem 07. Coito das Araras 08. Dez mil dias 09. Noites de cetim 10. Pedaço de canção
Baixar:
81 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado
pCloud - Google Drive - Box - MEGA

Luiz Gonzaga - Ô Veio Macho (1962)

Disco lançado em 1962 pela RCA, destaque para as canções "Balança a Rede (Zé Dantas)" e ''Serrote Agudo (José Marcolino)''.
Faixas: 01. Ô Véio Macho 02. Balança a Rede 03. Sertão de Aço 04. Serrote Agudo 05. De Teresina a São Luis 06. Pássaro Carão 07. Sanfoneiro Zé Tatu 08. Matuto Aperriado 09. Forró de Zé Antão 10. A Dança do Nicodemos 11. No Piancó 12. Adeus Iracema
Baixar:
61 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado
pCloud - Google Drive - Box - MEGA

Moraes Moreira - Cara e Coração (1977)

Cara e Coração (1977), lançado pela Som Livre, que é o segundo disco solo de Moraes Moreira, fundador e talvez o mais bem sucedido membro do lendário grupo Os Novos Baianos. Contém a faixa Pombo correio, melodia de Dodô e Osmar que Moraes musicou, é a mais emblemática daqueles tempos, e ainda é obrigatória nas apresentações do baiano de Ituaçu, hoje com 66 anos. 
Faixas: 01. O que é O que é 02. Pombo Correio 03. Yogue de Ouvido 04. Até Três da Manha 05. Samba da Bahia de Todos os Santos 06. Hino Nordestino 07. Meiufiu 08. Davilicenca 09. Acordei 10. Cara e Coração
Baixar:
77 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado
pCloud - Google Drive - Box - MEGA


Gilberto Gil - Expresso 2222 (1972)

Expresso 2222 é o quinto álbum do baiano Gilberto Gil, lançado em julho de 1972, pela Philips Records (atual Universal Music). O nome Expresso 2222 dá-se em homenagem a um trem pego por Gil para sair de sua cidade natal em direção a Salvador. O álbum, lançado em 1972, marca o retorno de Gil ao Brasil após um exílio de três anos em Londres.
Faixas: 01. Pipoca moderna 02. Back in Bahia 03. O Canto da ema 04. Chiclete com banana 05. Ele e eu 06. Sai do sereno 07. Expresso 2222 08. O Sonho acabou 09. Oriente 10. Cada macaco no seu galho 11. Vamos passear no astral 12. Está na cara, está na cura
Baixar:
101 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado
pCloud - Google Drive - Box - MEGA


Elba Ramalho - Alegria (1982)

Alegria (1982) tem um significado muito amplo e definitivamente exprime uma explosão de coisas. Um estado de espírito, uma energia de vida, uma pulsação que corre nas veias, uma festa de rua, o carnaval, o povo brasileiro, a vitória do Mengo no Maraca, uma boca sorrindo, a simplicidade de conduzir da vida, o bem estar, o amor, os amigos, a música que vem do coração.
Nesse disco, o repertório foi acontecendo sem pressa, e as músicas chegaram até ele, algumas feitas especialmente: A casca do ovo, do Gonzaguinha; Dominó, do Zé Ramalho; Olhos acesos, do Zé Américo e Salgado Maranhão; Sete cantigas para voar, do Vital Farias; Marcha regresso, do Edson, Paulo Sauer e Moraes Moreira; No som da sanfona, do Kaká do Asfalto e Jackson do Pandeiro.
Faixas: 01. Essa alegria 02. Dominó 03. No som da sanfona 04. A casca do ovo 05. Chego já 06. Amor com café 07. Olhos acessos 08. Sete cantigas para voar 09. Marcha regresso 10. Menina do lido 11. Bate coração
Baixar:
77 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado
pCloud - Go…

Caetano Veloso - Caetano Veloso (1968)

Segundo álbum do cantor Caetano Veloso, sendo seu primeiro álbum solo, gravado em 1967 e lançado em 1968 pela gravadora Philips Records. Teve arranjos de Júlio Medaglia, Damiano Cozzella e Sandino Hohagen. A música Tropicália, primeira faixa deste álbum, daria nome ao próximo álbum lançado por Caetano. O LP foi eleito em uma lista da versão brasileira da revista Rolling Stone como o 37º melhor disco brasileiro de todos os tempos.
Faixas: 01. Tropicália 02. Clarice 03. No Dia Em Que Eu Vim-Me Embora 04. Alegria, Alegria 05. Onde Andarás 06. Anunciação 07. Superbacana 08. Paisagem Útil 09. Clara (Participação Gal Costa) 10. Soy Loco Por Tí, América 11. Ave Maria 12. Eles
Baixar:
71 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado
pCloud - Google Drive - Box - MEGA


Alceu Valença - Molhado de Suor (1974)

Primeiro disco solo de Alceu Valença — depois da estreia com Geraldo Azevedo em Quadrafônico em 1972, Molhado de suor, de 1974 apresentou o artista ao grande público. O LP cristaliza a ancestral influência de Alceu (“sou fruto da cultura de minha terra, das violas, dos cantadores, dos violeiros, dos pastoris lusitanos; dos frevos e blocos, do maracatu, negro; e da coisa moura”) e a moderniza para tratar de ecologia, repressão e paixão. “Meu lado mais doce, onde procuro  transparências. Um lado onde o poema é mais leve.  Molhados de Suor é assim. É o disco de paixão, de uma paixão vaporosa.”
Faixas: 01. Borboleta 02. Punhal de Prata 03. Dia Branco 04. Cabelos Longos 05. Chutando Pedras 06. Molhado de Suor 07. Mensageira dos Anjos 08. Papagaio do Futuro 09. Dente de Ocidente 10. Pedras de Sal

Baixar:

64 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado

pCloud - Google Drive - Box - MEGA


Alceu Valença & Geraldo Azevedo - Quadrafônico (1972)

Gravado nas horas que sobravam na madrugada dos estúdios paulistanos da Copacabana em 1972,o álbum "Quadrafônico" se tornou um dos mais importantes discos brasileiros por revelar ao mesmo tempo duas figuras de proa da MPB, como: Alceu Valença e Geraldo Azevedo.
Apesar de ser conhecido como Quadrafônico, o disco originalmente se chama Alceu Valença & Geraldo Azevedo. O grande e luminoso Quadrafônico no alto da capa dizia respeito à tecnologia de som que era novidade na época e com o qual foi feito o disco.
Faixas: 01. Me Dá Um Beijo  02. Virgem Virginia  03. Mister Mistério  04. Novena  05. Cordão do Rio Preto  06. Planetário  07. Seis Horas 08. Erosão  09. 78 Rotações  10. Talismã 11. Ciranda de Mãe Nina 12. Horrível 
Baixar:
67 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado
pCloud - Google Drive - Box - MEGA

Zé Ramalho - A peleja do diabo com o dono do céu (1979)

Zé Ramalho entrou em estúdio para gravar A Peleja do Diabo com o Dono do Céu (1979). No entanto, as canções viajantes do primeiro disco ("Zé Ramalho" - 1978) deram lugar a algo mais politizado. Em razão disso, esse novo álbum, que contava com uma foto na capa do compositor ao lado do cineasta Zé do Caixão e da atriz Xuxa Lopes, em uma imagem de cordel, trazia canções que chegaram até a incomodar um pouquinho o governo militar, como "Admirável Gado Novo" e a própria faixa-título.
Extremamente bem produzido (mais uma vez, Carlos Alberto Sion foi o responsável), o álbum rendeu a Zé Ramalho o seu primeiro disco de ouro. Naquela época, o paraibano já estava compondo canções para os discos de colegas como Elba Ramalho, Fagner e Geraldo Azevedo.
Faixas: 01. A Peleja do Diabo Com o Dono do Céu  02. Admirável Gado Novo  03. Falas do Povo  04. Beira-Mar  05. Garoto de Aluguel (Taxi Boy)  06. Pelo Vinho e Pelo Pão  07. Mote das Amplidões  08. Jardim das Acácias  09. Agônico  10. Frevo Mu…

Zé Ramalho - Zé Ramalho (1978)

Um disco que entrou para história da música nacional consolidou uma carreira muito sólida e de grande sucesso. Trazendo todo o misticismo de sua cabeça pensante, combinados com as mais puras raízes nordestinas e sua voz inconfundível, Zé Ramalho lançou um dos melhores discos do MPB.
Um álbum bem trabalhado, com letras inteligentes, arranjos bem compostos e inovadores para época. Faixas como Avohai, Vila do Sossego, Chão de Giz, Dança das Borboletas estão presentes em todas as coletâneas e Shows no decorrer de toda a sua carreira.
Faixas: 01. Avôhai 02. Vila Do Sossego 03. Chão De Giz 04. A Noite Preta  05. Dança Das Borboletas 06. Bicho De 7 Cabeças 07. Adeus 2ª Feira Cinzenta  08. Meninas De Albarã  09. Voa, Voa  10. Avôhai (Voz e Violão) (Bônus) 11. Chão De Giz (Voz e Violão) (Bônus) 12. Bicho De 7 Cabeças (Voz e Violão) (Bônus) 13. Vila Do Sossêgo (Voz e Violão) (Bônus) 14. Ratos De Porto (Voz e Violão) (Bônus)
Baixar:
130 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado (Edição de 2003)
Google Drive - pCloud - B…

Geraldo Azevedo - Eterno presente (1988)

Em 1988, Geraldo Azevedo lança “Eterno Presente”, seu oitavo disco solo, onde estão presentes as memoráveis canções ‘Sétimo Céu’ (Fausto Nilo/Geraldo Azevedo), ‘Parceiro das Delícias’ (Capinam/Geraldo Azevedo) e ‘Tanto Querer’ (Geraldo Azevedo/Nando Cordel). Dominguinhos participa na faixa ‘Todo Jeito Ela Tem’.
Faixas: 01. Eterno presente 02. Sétimo céu 03. O ser dos seres 04. Todo jeito ela tem 05. Parceiros das delícias 06. Petrolina e Juazeiro 07. No riso da noite 08. Tanto querer 09. Estação madura 10. Grande amor 11. Pega fogo, coração
Baixar:
70 MB - MP3 - 320 Kbps - Remasterizado
Google Drive - pCloud - Box - MEGA

Elba Ramalho - Capim do Vale (1980)

Capim do Vale (1980) é o segundo LP de Elba ramalho pela CBS, e vem fixar de forma definitiva a imagem dessa cantora que , com o disco e o show Ave de Prata, revelou-se como uma das vozes mais pessoais entre os nomes da música brasileira. 
As canções interpretadas por Elba compõem, em seu conjunto, a imagem de um trabalho musical onde está presente o Nordeste como fonte inspiradora original, com sua música áspera, maliciosa, lírica, e – principalmente – carregada de uma poderosa energia que brota de cada uma das faixas deste disco. 
Capim do Vale é um disco onde está presente a música nordestina contemporânea, com tudo que ela tem de força criadora, de transformação contínua, e da permanente inventividade que consegue absorver e dominar as influências mais fortes. É um trajeto musical que a voz de Elba traça com canções de autores da Paraíba (Zé Ramalho, Sivuca, Pedro Osmar, Bráulio Tavares e Vital Farias), de Pernambuco (Luiz Gonzaga, Alceu Valença, Geraldo Azevedo e Carlos Fernando), …

Mazuca de Agrestina (2008)

Descendente de escravos, Dona Amara Maria da Conceição, 106 anos, é a principal personagem e disseminadora dessa cultura. É protagonista do CD Mazuca de Agrestina, registro inédito do ritmo originário da miscigenação entre índios e negros. O município de Agrestina, localizado a 149 quilômetros do Recife, abriga o elo perdido da cultura contemporânea com a mazuca, ritmo originado da miscigenação entre índios e escravos, e inspirado na mazurca, dança polonesa que animava as casas-grandes. Primeira produção fonográfica do gênero.
Faixas: 01. Depoimento I - Dona Amara 02. Eu pisei na rama 03. A onça suçuarana 04. Coqueiro do norte 05. Ô Maria vem ver 06. Atirei na rolinha 07. Masseira 08. Pia-pisa - Meu cavalo deu um 09. Papagaio 10. Depoimento II - Dona Amara 11. Acorda Maria 12. Ô Celina 13. Ô Baiana 14. No chiado da botina 15. Depoimento III - Dona Amara 16. Remix coqueiro do norte
Baixar:
110 MB - MP3 - 320Kbps 

pCloud - Google Drive - Box - MEGA