Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

#MomentoMPB | Elis Regina - Viva a Brotolândia (1961)

Elis Regina começou a gravar em 1961, com 16 anos. O curioso é perceber que apesar do repertório infanto-juvenil, Elis não tinha voz de criança. Já apresentava a ginga e o requinte na divisão dos compassos que a tornariam uma das maiores cantoras brasileiras de todos os tempos a partir de 1965, quando venceu o I Festival da MPB, de TV Excelsior, com “Arrastão”.  Neste seu primeiro LP, Viva a Brotolândia, rock-baladas, calypso, sambalanços e versões em geral com gostinho de juventude dos anos dourados davam  o tom, envoltas em arranjos de Severino Filho, do grupo OS Cariocas.
Faixas:
01. Dá Sorte
02. Sonhando (Dream)
03. Murmúrio
04. Tu Serás 
05. Samba Feito Para Mim
06. Fala-me de Amor (Take Me In Your Arms)
07. Baby Face 
08. Dor de Cotovelo 
09. Garoto Último Tipo (Puppy Love)
10. As Coisas Que Eu Gosto (My Favorite)
11. Mesmo de Mentira
12. Amor Amor (Love Love)

Baixar:
68 MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO
pCloud - Google Drive - Box - MEGA - MediaFire



Sebastião Biano e seu terno esquenta muié (2014)

O ano de 2014 foi dedicado ao primeiro disco solo do Mestre do Pífano Sebastião Biano, da Banda de Pífanos de Caruaru. Onde sempre foi líder e compositor oficial para os grandes sucessos da Banda e influências de futuras gerações como: Gilberto Gil, Caetano Veloso, Jards Macalé e todo o movimento do tropicalismo.
No alge da sua boa idade de 95 anos, ainda está cheio de vitalidade para tocar seu Pife e relembrar antigas melodias de sua tradição. Com está proposta junta-se ao seu Terno Esquenta Muié, banda formada pelos musicos: Eder O Rocha, Filpo Ribeiro, Júnior Kaboclo e Renata Amaral para gravar suas músicas e seus causos, que retratam toda a sua trajetória de vida, que começou como retirante no ano de 1926 à 1936. Percorrendo todo o estado de Alagoas até chegar em Caruaru.
No Repertório: Bendito, Sambas Matutos, Marchas, Frevo, Baião e Causos. O Disco conta também com a participação de Siba e do Mestre e Percussionista Pernambucano Naná Vasconcelos.
Faixas: 01. Esquenta muié 02. Alvorad…

Luiz Gonzaga - Luiz ''Lua'' Gonzaga (1961)

Eis o nosso ''Lua'' de volta, o incomparável, o mesmo de sempre Luiz Gonzaga. Com sua simpatia e sua sanfona. Numa gravação oferecendo em alta fidelidade ortofônica, em que são captadas as mais delicadas nuança, vocais e instrumentais. Luiz Gonzaga com sua exuberante voz e sua bossa nordestina, nos brinda com mais um de seus incomparáveis recitais. 
Faixas: 1. Capitão Jagunço 2. Baldrana Macia 3. Creuza Morena (ingazeira Do Norte) 4. Dedo Mindinho 5. Amor Que Não Chora 6. O Tocador Quer Beber 7. Na Cabana Do Rei 8. Aroeira 9. Rosinha 10. Corridinho Canindé 11. Só Se Rindo 12. Alvorada Da Paz
Baixar:
57 MB - MP3 - 320Kbps - Remasterizado
pCloud - Box - MEGA - Google Drive

Zé Ramalho - Orquídea Negra (1983)

Com "Orquídea Negra" (1983), Zé Ramalho entra no inferno através de seu mergulho no universo das drogas - quando tornou-se viciado em cocaína por conta do marasmo que sucedeu à frustração do projeto "Força Verde" no ano anterior. Com tudo isso, a interrupção dos trabalhos pós-lançamento do disco anterior não impediu que este novo projeto fosse extremamente bem produzido já em 1983. Mais caro ainda que o anterior, este trabalho novamente surpreende pela capa interna, que inclui fotografia tirada em Búzios, com o artista ateando fogo ao oceano (!). Presente de Jorge Mautner, a faixa-título serviu de abertura ao disco - e para que o artista vislumbrasse o segmento que seria dado à sua carreira. Zé Ramalho resolve divulgar o estereótipo que tentaram lhe impor, o daquele que efetivamente havia "roubado" a cultura européia ao apoderar-se do texto de um poeta irlandês.
A abertura do disco, com efeitos especiais de tiros de canhão, deu muito trabalho, e "Orqu…

Luiz Gonzaga - O Nordeste Na Voz de Luiz Gonzaga (1962)

Durante a história da música popular brasileira, vem os ritmos do longínquo nordeste ganhando foros de civilização, deixando as rústicas cabanas de taipa – onde é dançada no chão de barro batido, à luz bruxoleante de fumacentos lampiões – para ascender aos mais aristocráticos ambientes.
Todavia, há um fato importante a observar, a popularidade da música nordestina (côco, rojão, frevo, baião, etc.) se deve a um sanfoneiro, um músico e compositor que fez escola. Trata-se evidentemente, de Luiz Gonzaga, carinhosamente apelidado de “Lua”.
Luiz Gonzaga aproveitou motivos de sua terra e incorporou-se em luzentes composições musicais representados neste álbum.
Faixas:
01. Paraíba 02. Respeita Januário 03. Saudade De Pernambuco 04. Assum Preto 05. Calango Da Lacraia 06. Cigarro De Paia 07. ABC Do Sertão 08. Acauã 09. Asa Branca 10. Derramaro Gai 11. No Meu Pé De Serra 12. A Moda Da Mula Preta
Baixar:
62 MB - MP3 - 320Kbps - Remasterizado
pCloud - Box - Google Drive - MEGA


Geraldo Vandré - Pra não dizer que não falei das flores (1979)

Lançando originalmente em 1979, “Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores” revive canções do cantor e compositor Geraldo Vandré, um ícone da música popular brasileira. Com um repertório de 14 faixas, o álbum contém ainda a canção “Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores”, música essa que sofreu forte represália e censura durante o período da ditadura militar, tornando-se logo um hino da resistência civil e estudantil.
Faixas: 01. Pra não dizer que não falei das flores [Caminhando] [Ao vivo] 02. Porta-estandarte 03. Depois é só chorar 04. Tristeza de amar 05. Réquiem para Matraga 06. Canção do breve amor 07. Fica mal com Deus 08. Rosa flor 09. Pequeno concerto que virou canção 10. Se a tristeza chegar 11. Canção nordestina 12. Ninguém pode mais sofrer 13 - Quem quiser encontrar o amor 14 - Pra não dizer que não falei das flores [Caminhando]
Baixar:
82 MB - MP3 - 320Kbps - Remasterizado
pCloud - Google Drive - MEGA - Box

Elba Ramalho - Ave de Prata (1979)

 O nome do disco – que é título de uma das faixas – não poderia ser mais adequado, pois ele tem tudo para voar para o primeiro plano do mundo musical brasileiro. É um elepê alegre, dançante, aberto e tão incendiário quanto o sol da caatinga. Até a faixa de autoria de Chico Buarque entrou neste clima nordestino. Não sonho mais é  um deslavado baião.
Enfim, Ave de Prata (1979) é uma posição de Elba Ramalho, uma escolha musical. Ao  selecionar o repertório, ela voltou as costas para o oceano Atlântico, para o colonialismo europeu e também para a influência americana. Olhou para o interior do  continente, sentiu apenas o Brasil e a América Latina, no que eles têm de comum e  básico: o balanço, o ritmo, o toque indígena, o clima negro. A direção musical de Ave de Prata é de Geraldo Azevedo, a produção de Carlos Alberto Sion. Os autores são todos jovens, inquietos, em permanente busca.
Faixas: 1. Canta coração 2. Não sonho mais 3. Veio D'Àgua 4. Razão de paz 5. Baile de máscaras 6. Filho das ín…

Caetano Veloso - Cinema Transcendental (1979)

Último capítulo da fase áurea de Caetano Veloso, Cinema Transcendental (1979) conserva o alto nível de seus predecessores, trazendo um material ainda mais diverso. O disco combina canções sintéticas no formato pop e momentos experimentais, intimistas ou mesmo de caráter regional. Cinema Transcendental é composto, em sua maior parte, por brilhantes canções que permanecem vivas no repertório do compositor e no imaginário de seus tantos admiradores.
Faixas:  01. Lua de São Jorge 02. Oração ao tempo 03. Beleza Pura 04. Menino do Rio 05. Vampiro 06. Elegia 07. Trilhos urbanos 08. Louco por você 09. Cajuína 10. Aracaju 11. Badauê 12. Os meninos dançam
Baixar:

77 MB -  MP3 - 320Kbps - Remasterizado

pCloud - MEGA - Box - Google Drive


Moraes Moreira - Moraes Moreira [1975]

Moraes Moreira (1975), já tinha sido editado em CD no Japão, mas era inédito no Brasil no formato. É um disco de clima roqueiro, novo baiano, cujo repertório - não tão inspirado quanto o cancioneiro posterior do compositor - inclui sobras da parceria de Moraes com Galvão (Chinelo do meu avô e Anda, Nega). Alinhada com o espírito do disco, a regravação do rock ''Se você pensa'' (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1968) sobressai em repertório que destacou a música ''Guitarra baiana'' (Moraes Moreira), propagada na trilha sonora da novela Gabriela (TV Globo, 1975) em registro diferente.
Faixas: 01. Desabafo E Desafio 02. Guitarra Baiana 03. Sempre Cantando 04. Chinelo Do Meu Avô 05. Chuva No Brejo 06. Nesse Mar, Nessa Ilha 07. Do Som 08. P.S. 09. Loucura Pouca É Bobagem 10. Anda, Nega 11. Se Você Pensa 12. Violão Vagabundo
Baixar:
93 MB - MP3 - 320Kbps - Remasterizado
pCloud - MEGA - Box -Google Drive